Mudar hábitos alimentares não é coisa fácil. Comer de três em três horas, ingerir comidas naturais e menos alimentos industrializados… Desde o início desta jornada, sabia que a alimentação seria o ponto mais difícil. Ainda bem que conto com a ajuda da nutricionista Fernanda Palma, focada em melhorar meu desempenho.

A nutrição é fundamental nas provas longas. Na nova rotina que estou construindo, é importante que a alimentação diária seja feita em intervalos curtos, principalmente para acostumar o corpo que está sempre gastando o que consome. Se comer muito com grandes intervalos, o corpo armazena gordura/alimentos, pois não sabe quando será a próxima ingestão de energia. Com uma rotina adequada e com intervalos menores, meu corpo se acostuma a comer e gastar, comer e gastar. Ajudando a digestão e a produção de energia rápida. Daí a importância de comer alimentos corretos em horários determinados. De uma maneira geral, antes do treino: açúcar e carboidrato. Após: proteína.

Tudo está sendo testado visando o Ultraman: a quantidade ingerida por determinado tempo, qual o melhor tipo de alimento, sólido ou não, doce ou salgado… Assim, na hora da competição estarei acostumado a manter meu “tanque” constantemente abastecido e a me recuperar e estar bem no final de cada dia.

Porém, entender a teoria é fácil, a dificuldade está na prática. Acabo cometendo vários deslizes e comendo coisas erradas nas horas erradas. A um ano da prova, estou melhorando, mas ainda longe da perfeição. Sigo nessa batalha que para mim carrega uma dificuldade maior que a dos próprios treinos. Mas aos poucos estou descobrindo alimentos que me agradam, são nutritivos e me ajudam a estar pronto para o próximo treino, pois o maior problema não é a ingestão de calorias e sim os alimentos não nutrirem meu corpo para estar pronto para render o melhor possível na próxima sessão de treino.

Olhando para trás, vejo que já errei na nutrição e mesmo estando bem treinado tive péssimo resultado. O contrário também já aconteceu, uma nutrição correta com menos treino me rendeu uma excelente prova. O ideal é acertar tanto o treinamento quanto a nutrição. Trabalhamos para isso.índice